Campanha de Recolha de Alimentos - 30 e 31 de Maio de 2015

2015-05-26

Um gesto humanitário em resposta a uma causa social

Bancos Alimentares promovem campanha de recolha de alimentos a 30 e 31 de Maio
• Mais de 42 mil voluntários em 2.000 lojas a nível nacional;
• Uma rede de 2.665 Instituições de Solidariedade apoiadas que distribui alimentos a e 410 mil pessoas carenciadas

Os 21 Bancos Alimentares contra a Fome realizam nos próximos dias 30 e 31 de Maio mais uma campanha nacional de recolha de alimentos, em resposta ao cenário de carências alimentares que continua a afectar muitas famílias e cidadãos portugueses.
Envolvendo mais de 42.000 voluntários, a campanha dá oportunidade a todos aqueles que não querem ficar indiferentes de se associarem a esta causa social, e contribuírem para quem mais precisa através da doação de alimentos ou dos vales disponíveis nos super e hipermercados e postos de abastecimento a nível nacional.

A campanha vai abranger mais de 2.000 lojas em todo o país e ilhas, nas zonas de Lisboa, Porto, Évora, Coimbra, Aveiro, Abrantes, Setúbal, S. Miguel, Cova da Beira, Leiria-Fátima, Oeste, Algarve, Portalegre, Braga, Santarém, Viseu, Viana do Castelo, Terceira, Beja, Madeira e Castelo Branco, contando com o envolvimento dos vários voluntários que, identificados à porta de cada uma das superfícies comerciais, convidarão os portugueses a associar-se à causa do Banco Alimentar Contra a Fome.

Para Isabel Jonet, Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, “As carências alimentares são um problema social que existe 24 horas por dia e sete dias por semana, e que continuam a afectar muitas pessoas. Por esta razão, o envolvimento e contributo de cada cidadão é muitíssimo valioso para que possamos continuar a endereçar diariamente respostas ao problema em Portugal, apoiando e ajudando quem ainda necessita de ajuda para se alimentar. Com a solidariedade e compromisso de todos conseguiremos, seguramente, fazer a diferença na vida de muitas destas pessoas.”
 

Um Saco mais sustentável por uma Causa Social

Esta campanha conta agora com um novo saco de papel, mais ecológico, que alia a doação a um comportamento mais sustentável e amigo do ambiente, contribuindo também desta forma para reduzir os efeitos prejudicais no meio ambiente e para a conservação da natureza e da biodiversidade.


Campanha “Ajuda Vale” e Portal de Doação Online


Adicionalmente à doação de alimentos aos voluntários, será ainda possível contribuir solidariamente através da campanha “Ajuda Vale”, entre os dias 30 de Maio e 7 de Junho. Os vales estarão disponíveis nas caixas dos supermercados e postos de abastecimento de combustível aderentes, tendo cada um deles associado um código de barras específico para os produtos que cada pessoa quiser doar ao Banco Alimentar.
Dando também oportunidade a todos aqueles que nos dias da campanha de recolha de alimentos não se podem deslocar aos pontos de recolha, que residem ou se encontram fora de Portugal, o Banco Alimentar disponibiliza uma vez mais o portal de doação online www.alimentestaideia.net também até 7 de Junho.


Para mais informações sobre a campanha, contacte:
Banco Alimentar Contra a Fome
961 738 631/91 900 02 63
www.bancoalimentar.pt

A procurar...
BA AbrantesBA AlgarveBA AveiroBA BejaBA BragaBA Castelo BrancoBA CoimbraBA Cova da BeiraBA ÉvoraBA Leiria-FátimaBA LisboaBA MadeiraBA OesteBA PortalegreBA PortoBA SantarémBA São MiguelBA SetúbalBA TerceiraBA Viana do CasteloBA Viseu

Campanha Pilhas por Alimentos

O Banco Alimentar de Setúbal recolheu 905 kgs de pilhas usadas na campanha Pilhas por Alimentos. O Banco Alimentar de Aveiro foi o grande vencedor recolhendo 1.910 kg. Na 1ª edição da campanha Pilhas por Alimentos, os 13 BA que participaram reuniram um total de 6,9 toneladas de pilhas usadas.

Saiba mais »

O BANCO ALIMENTAR DE SETÚBAL ANGARIOU 177 TONELADAS DE PRODUTOS NA CAMPANHA DE RECOLHA DE 27 E 28 DE MAIO DE 2017.

Na zona de actuação do Banco Alimentar Contra a Fome de Setúbal foram angariadas 177 toneladas de produtos alimentares na última campanha de recolha.

Os bens alimentares serão distribuídos localmente, já a partir da próxima semana, a 22.160 pessoas com carências alimentares comprovadas, através de 160 Instituições de Solidariedade Social previamente seleccionadas para o efeito e supervisionadas pelo Banco.

A campanha mobilizou cerca de 2.200 voluntários, que recolheram as contribuições efectuadas nos 197 supermercados onde foi organizada a recolha.

Saiba mais »
mais notícias »